ATB entrevista: @milho_wonka do ChocolaTV

04
ago
2012

Autor: Raphael Ferreira

Facebook | Twitter | Site


Raphael Ferreira

 
O entrevistado dessa semana preferiu que não publicassemos seu nome, então, será tratado em toda a entrevista por seu “codinome”, Milho Wonka, esse personagem que muitos de vocês já conhecem e que muitos outros poderão conhecer melhor agora aqui no blog.
 
Nascido em São Bernardo do Campo mas atualmente morando em São Paulo, Milho Wonka tem 29 anos, mas define sua idade como “29 anos com cara de 22, corpo de 21 e mentalidade de 16″. Mora com a namorada Lana Burns (@LannaBurns) a 1 ano e meio e é mais conhecido por sua cartola, afinal de contas, ele é “o cara que a cartola usa”.
 
Técnico de redes formado pelo Senai, área na qual ainda trabalha até hoje, por insistencia dos amigos, acabou gravando o primeiro video em 15 de Setembro de 2010, dia de seu aniversário e dali então as coisas começaram a acontecer naturalmente. Diferente de muitos vloggers que ficaram conhecidos por terem seus videos postados em grandes blogs, o que deu o “boom” de público e visualizações em seus videos foram suas participações na tv, como nos programas Tudo é possível (na Record), A Liga (na Band) e Programa da Eliana (no SBT).
 
Como deixou de ser uma pessoa “normal” e se tornou Milho Wonka, ele não sabe dizer. Seu palpite é que sempre foi assim, mesmo antes de fazer os vídeos. Seja como for, Milho Wonka, desde seu primeiro video é a prova de que o humor rompe preconceitos, afinal, ele não tem um visual comum e, salvo engano, é provavelmente o único vlogueiro relativamente conhecido de aparência, digamos, “alternativa”.
 
Agora vamos as perguntas que eu fiz ao Milho e as respectivas respostas que ele gentilmente me deu. Vou manter as perguntas e as respostas na integra:


(AHTABOM) Vamos começar pelo óbvio. Milho Wonka é um personagem ou é uma personalidade sua que você incorporou de vez?
(Milho Wonka) Milho Wonka talvez seja um alter ego que sempre esteve em mim, somos o mesmo e somos dois, por exemplo, no dia a dia apesar de não estar maquiado e de cartola, ao falar comigo seria o Milho Wonka de sempre, mas durante os shows com a minha banda no palco (cover de Marilyn Manson) nao tenho nada de Milho Wonka, mas em resumo somos bem parecidos.
 

 
(AHTABOM) Pra quem não sabe, quem é a “produção” com quem você tanto fala nos seus videos?
(Milho Wonka) Produção é a minha “namorida”, Lana Burns.
 
(AHTABOM) E ela realmente está presente em todas as gravações ou você já gravou algum video falando sozinho só pra parecer que ela estava ali?
(Milho Wonka) Ela está presente em 95% dos vídeos, nos que ela nao está eu sei dar a entender que ela está lá. rs
 
(AHTABOM) Você participou do programa “Quem convence ganha mais” do SBT. (eu assisti o programa porque você divulgou no twitter no dia). É (ou era, não sei se ainda existe) um programa meio trash, né? Como surgiu o convite? Ele foi positivo em relação aos seus videos e em relação a conquistar novos fãs?
(Milho Wonka) O convite veio porque o SBT estava procurando gente alternativa e uma menina da produção conhecia uns góticos, ai ligando pra eles, a maioria me indicou para participar por não quererem estar lá. A princípio eu não queria ir, mas pensei na divulgação que traria da minha imagem e, se eu conduzisse bem, não cairia na ridicularidade. O efeito foi ótimo porque consegui passar a mensagem que planejei. No final das contas muita gente gostou e foi bem positivo, além de ganhar 2 mil reais de cachê.
 
(AHTABOM) Você é um dos caras que ganha uma grana com os videos do YouTube. Já atingiu um patamar de renda que te permita largar o emprego regular e viver só por conta dos videos? Você planeja fazer isso?
(Milho Wonka) Ainda não tenho como viver de vídeos, mas acho que esse dia está próximo. Com a alta do dólar venho ganhando mais e depois de ganhar o “Youtube Next Up” muita gente ficou me conhecendo e aumentaram os meus views.
 
(AHTABOM) Falando ainda sobre ganhar dinheiro com videos do YouTube. O Eder (@temgracaounao) na entrevista que nos deu na semana passada (quem não viu, pode ver clicando aqui), se queixou sobre as mudanças no site do YouTube, onde está muito mais dificil aparecer na página inicial do site e, por conta disso, não se tem tanta exposição como antes. Você sentiu essa mudança também? Deu uma queda no seu numero de views e consequentemente na sua renda com os videos?
(Milho Wonka) Sim, a mudança foi drástica com relação a visibilidade no site, mas felizmente tenho uma audiência fiel e sempre estão procurando coisa nova no meu canal, o que não deixou as visitações cairem e nos últimos meses venho ganhando bastante inscritos. Com relação a renda não sei porque, mas ela aumentou na verdade.
 

 
(AHTABOM) Continuando sobre o YouTube. Já que você citou, você foi um dos ganhadores do “You Tube Next Up Brasil” que, além de uma premiação em dinheiro, te levou para o “YouTube Creator Camp”. Como foi a experiência? Realmente aprendeu alguma coisa que percebeu que fez a diferença nos videos que criou depois disso?
(Milho Wonka) A experiência foi ótima, aprendemos a lidar com o equipamento e saber o que nos seria necessário a cada tipo de vídeo, fora poder conhecer a sede do Google por dentro e desfrutar da sala de jogos tão famosa. Aprendemos desde montar melhor um roteiro a finalizar uma edição da melhor forma possível. Eu particularmente gostei muito, apesar de ainda estar me habituando ao novo equipamento.
 
(AHTABOM) Você que é de São Paulo, região dos maiores e mais populares criadores de videos para o YouTube do Brasil, como Caue Moura, Pc Siqueira e vários outros> Você tem contato/amizade com esse pessoal? A comunidade dos vloggers é unida e receptiva ou também existe uma “panelinha” como nos blogs?
(Milho Wonka) Conheço pessoalmente todos que você citou, são bem legais sim, apesar de que, no youtube, pra 90% dos criadores de vídeo existe mais competição do que comunidade. Ao invés de todos se divulgarem mutuamente, eles preferem ignorar quem começa ou quem não faz parte do “grupo” deles. Eu sinceramente acho isso besta, costumo ajudar sempre que vejo um conteúdo legal ou engraçado, mesmo q seja um único vídeo da pessoa.
 
(AHTABOM) Sobre o seu visual/estilo, você acha acha que ele te ajuda ou te atrapalha em relação aos videos? Falo no sentido de que, por ser diferente, se destaca em meio aos outros, ou que enfrenta algum tipo de preconceito. Pode te atrapalhar a alcançar vôos além da internet, como a televisão por exemplo? Qual é a sua opinião? Aliás, tem vontade de ir pra tv? Já recebeu convites?
(Milho Wonka) Eu acho que apesar da audiência ter crescido bastante e muita gente ter se acostumado com a minha cara (acho que me vêem como um desenho animado) ainda existe um certo preconceito sim, muita gente ainda critica mesmo sem ver o conteúdo do vídeo. Com relação a TV, seria bom sim, mas com certeza apenas canais alternativos dariam oportunidade, ainda nao recebo convites.
 

 
(AHTABOM) Qual é a sua opinião sobre “a orkutização dos vlogs” que tem acontecido de uns tempos pra cá, onde uma mulecada (e marmanjos também) vem cismando em fazer videos e raros são os que realmente produzem alguma coisa interessante?
(Milho Wonka) Acho que todos devem tentar, muitas vezes vejo vídeos de desconhecidos com conteúdo muito melhor do que famosos, mas ao mesmo tempo vejo roteiros legais mal produzidos, mas em resumo acho válido a tentativa, apesar que acho dificil ter um novo vlogger que bombe.
 
(AHTABOM) Você acha que existe uma fórmula de sucesso na hora de criar videos? Que dica você dá pra quem tá começando agora (ou pra quem já faz video a mais tempo e não conseguiu decolar)?
(Milho Wonka) A fórmula é um conteúdo sincero, com certos cuidados de imagem e áudio, e não querer ser o novo famoso da internet, raramente quem quer ser conhecido consegue porque acaba criando uma coisa artificial que você vê que foi feito propositalmente para aparecer.
 
(AHTABOM) Qual é o seu processo criativo para os videos? Você cria um roteiro antes de gravar os videos ou você só estipula o tema e vai falando o que vem na cabeça?
(Milho Wonka) Eu penso em vários assuntos sérios e importantes, mas não falo de nenhum deles rs. Na verdade todos os meus vídeos são feitos com roteiro pronto, sou péssimo no improviso. Após escrever leio e releio, mudo algumas coisas, corto algumas falas e deixo ele mais “clean” possível. Ai o teste é com a “produção”, ela é bem critica quanto a isso hehe. Quando ela fala que tá bom é porque está bom.
 

 
(AHTABOM) Você também tem um blog, o Wonkazoide, que é mais recente que osseus videos. Tem muito vlogueiro aí que tinha blog/site mas parou porque os videos começaram a dar mais resultado. Porque você foi meio “na contra-mão” desse pessoal? Criou o blog com alguma outra finalidade?
(Milho Wonka) O wonkazoide é mais por hobbie mesmo sem ter obrigação de postar ou render dinheiro nenhum, é mais mesmo para tentar criar mais alguma forma de diversão pra quem me acompanha.
 
(AHTABOM) Qual e como é a sua relação com seus fãs no twitter, no facebook, no youtube e no dia-a-dia pelas ruas?
(Milho Wonka) Eu tento manter uma relação mais próxima possível do público, como se fizesse parte do dia a dia deles na internet, como se fosse aquele da turma que só faz besteira, assim, acho que é mais interessante do que muito “vlogger” que trata o público como público, a certa distância. Nas ruas já fui reconhecido mesmo estando “a paizana”. As vezes é estranho porque a pessoa fala comigo como se já me conhecesse faz tempo, mas eu to vendo ela pela primeira vez, ai as vezes não sei como agir, mas tento ser simpático sempre. rs
 
(AHTABOM) Última pergunta e essa vai ser bem pessoal, até indiscreta. Quem tem a oportunidade de te conhecer pessoalmente e conhece a Lana Burns também (eu mesmo conheci os 2 no YouPix, em São Paulo), eventualmente pode achar que você não tá com essa moral toda pra ter uma namorada tão bonita. Então, pro pessoal que também quer conquistar as “Lana Burns” que existem Brasil afora, conte aqui, qual é o segredo? (desculpa se a pergunta soou ofensiva, não é pra te ofender, é mais pra fazer gracinha, eu vou ver um jeito de reformular ela pra ficar mais light)
(Milho Wonka) hehehehhehehe, o truque de se conquistar mulheres é o humor, acredite ou não, as substâncias liberadas internamente no corpo de uma mulher quando ela dá uma gargalhada são as mesmas de quando ela tem um orgasmo, então, se você for confiante e souber usar o humor na medida certa, não tem como dar errado. As mulheres geralmente gostam de homens que transmitem confiança e são divertidos.
 

 
Milho, quero agradecer mais uma vez a atenção que você sempre teve comigo e com o blog (que você até fez parte por um tempo), e dessa vez eu abusei da amizade um pouco, hehehe… Digo pra todo mundo, sou seu fã desde o primeiro video que eu vi (que meu primo Alexandre Castro me mostrou quando eu ainda morava em MG) e desde então vejo todos os seus videos e não tem nenhum que eu não tenha gostado. De verdade! Pode soar repetitivo por eu ter dito isso ao Eder na sexta passada, mas é sincero, o blog está de postar abertas pra você pro que precisar também.
 
Agora, vamos acabar com essa brincadeira que já ficou maior do que deveria (será que alguém ainda tá lendo? o pessoal é preguiçoso as vezes). Pra fechar, o espaço é seu pra falar qualquer coisa que você queira. Quer deixar um recado/mensagem pros seus fãs e para os visitantes do blog? Fale aí! (literalmente, o que você quiser falar)

(Milho Wonka) Desde o primeiro vídeo não era para ser engraçado, mas…
 
E é isso pessoal! Terminamos nossa primeira entrevista aqui no ATB. =)
O Milho Wonka sempre muito gentil comigo e com o blog, então, tudo que eu posso fazer é indicar que vocês o sigam no twitter (@milho_wonka e que se inscrevam no canal dele no Youtube (clicando aqui) e, mais do que isso, pegue o Milho de exemplo pra acabar com qualquer tipo de preconceito! Não julgue ninguém pelas aparências e se permita conhecer coisas novas e pessoas novas! Só assim você tem a chance de se surpreender. ;)
 
E quem gostou da entrevista, dá um “curtir” e um “tweet” aí embaixo, pra que seus amigos também vejam. Se quer sugerir alguém para entrevistarmos (daremos prioridade, claro, pra entrevistar pessoas mais conhecidas e ligadas a internet), utilize nosso formulário de contato.

Autor: Raphael Ferreira

Facebook | Twitter | Site



Participe! Deixe seu comentário abaixo: