Como um ídolo da música se torna um ex-ídolo

08
ago
2011

Autor: Alexandre Castro

Facebook | Twitter


Alexandre Castro

A tentativa de resgate do sucesso se esvaindo, levam alguns artistas a literalmente cagar a sua carreira. Fazem coisas completamente ridículas e ainda assim conseguem burlar a mente da grande massa que pertence a uma sociedade auto-denominada “cult”.
 
Vou dar um exemplo e ainda não vou citar o nome, mas, pelos fatos (e fotos do post), vocês vão saber quem é. Serei apedrejado, ridicularizado e outros ados que cabem aos pseudos cults dizerem.
 

 
A carreira do cara começa bem. Na verdade ele foi um ícone, nos anos 70 o cara influenciava diretamente todo mundo, a ponto da minha vó (na época ter pavor dele), pois era um revolucionário! Ele e sua turma batiam de frente com a MPB, porém com outro nome, claro, que poucos sabem que, o que mudava era realmente o nome do estilo, porque também era MPB, violãozinho, cantar baixinho e tudo mais, talvez o que diferenciava eram os festivais, a maconha sendo utilizada sem nenhum pudor e metendo o pau na política.

Já nos anos 80, a coisa mudou, ficou mais velho, os cabelos diminuiram e foram ficando brancos. Imagino que ele tenha pensado: “to ficando velho! vou assumir que sou da velha guarda da MPB, afinal, estou na mídia… vai dar certo!” e PO$#&! DEU CERTO!
 

 
Cade o revolucionário??? Minha vó começou a amar ele, diga-se de passagem. Anos 90… Puff! Sumiu! Também, estava velho já, afinal, se na década passada ele assumiu seu corte de cabelo menor, seus cabelos brancos, o violãozinho, cantando sobre amor e não mais politica… Enfim…
 
Insatisfeito, 10 anos depois ele volta a mídia. Com uma banda de meninos de 20 e tantos anos, tocando rock n’ roll! Ué? Mas…. Er… Esse não é… Aliás, não era… Gente, esse é o vovô! Ele ta cantando agora com meninos! Será que é uma tentativa de fonte de juventude? Não sei, mas sinceramente fracassou!
 

 
É! Passaram mais 10 anos! Não perdeu o charme, mas perdeu a noção das coisas… Pensou nosso amigo: “tocar rock com meninos de 20 e tantos anos não deu certo, o rock não deu certo pra mim, afinal, já estou chegando aos 140 anos, vou tentar a MPB com uma moça de 20, 20 e poucos, vai dar certo”… E PO#$&, DEU! ESSE LIXO DEU CERTO! MAIS UMA QUE VOCÊS ENGOLIRAM!
 

 
Me desculpem os cult´s, mas o revolucionário de 40 anos atrás tinha mais personalidade, musicalidade, atitude e jovialidade (claro), sua mensagem era bem mais importante do que tratar hoje a música apenas como dinheiro e não como arte, o que deve (ou pelo menos deveria) ser feito!
 
Falo isso com todo o direito do mundo, e não somente eu, creio que milhões de pessoas pensam exatamente como eu!
 
E se você, cult ou afim, ainda não entendeu quem é…
 


Caetano Veloso, me decepcione menos!

Autor: Alexandre Castro

Facebook | Twitter



Participe! Deixe seu comentário abaixo: