Nascidos para matar: predadores

14
jan
2013

Autor: Raphael Ferreira

Facebook | Twitter | Site


Raphael Ferreira

Por um completo instinto de sobrevivência (e a fome é parte disso, evidentemente), praticamente qualquer animal pode se tornar um predador, tudo é uma questão de ponto de vista. Até um beija-flor pode ser um predador para alguns insetos, por exemplo. Tudo vai depender de suas necessidades, como a sua fome, a fome de seus filhotes, ou até uma ameaça ao seu “lar doce lar”.
 
Por sobrevivência até humanos já se alimentaram da carne de outros humanos, como a famosa queda de avião nos Andes em 1972, onde o canibalismo foi a salvação. Ali entrou o instinto de sobrevivência, já que ficaram 69 dias sem resgate. Não mataram ninguém, então, não foram exatamente predadores, mas se alimentaram da carne dos que morreram no acidente.
 
Ok, ok, o intuito desse post não é levantar qualquer debate. É só uma seleção de imagens da natureza animal. Confira:
 




 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autor: Raphael Ferreira

Facebook | Twitter | Site


1 2

Participe! Deixe seu comentário abaixo: