Ontem e hoje: A Bruxa de Blair

22
fev
2013

Autor: Raphael Ferreira

Facebook | Twitter | Site


Raphael Ferreira

“A Bruxa de Blair” (“The Blair Witch Project”, no original), é um filme americano de 1999, feito no formato de pseudodocumentário, escrito e dirigido por Daniel Myrick e Eduardo Sánchez. Na sua terceira semana de exibição, entre 14 e 16 de agosto de 1999, atingiu um faturamento de mais de 107 milhões de dólares, e é um dos 100 filmes americanos de maior faturamento de todos os tempos. O orçamento do filme foi de 35 mil dólares.
 
É um daqueles filmes que dividem as opiniões muito facilmente. Enquanto alguns acham um filme muito bom com uma proposta sensacional, outros acham um filme idiota, forçado, e argumentam até que ele “não tem final”, mas, o que ninguém pode negar é que ele foi um marco do cinema. Foi um dos pioneiros (e é certamente o mais importante, o que virou referência) no formato suspense/terror a explorar esse formato em “primeira pessoa”, onde supostamente não se trata de um filme, mas de um registro de imagens (ou documentário) filmado pelos próprios participantes.
 


(trailer legendado)

 
Veja como estão os atores do filme hoje em dia:
 




 

 
A idéia do filme e a publicidade feita nos Estados Unidos na ocasião, foram geniais. Pegaram uma ideia simples, onde selecionaram 3 atores até então desconhecidos, deram a eles algumas aulas de como manusear as câmeras e então levaram eles para ficar oito dias na floresta, privados de sono e alimentos, com apenas uma bússola e sem saber realmente aonde estavam. A equipe de produção estava camuflada e escondida no meio da floresta. Tudo foi feito para que o filme parecesse mais real. De dia entre os intervalos das filmagens eram dadas ideias para algumas falas improvisadas. A noite a produção os assustavam com ruidos, gritos, objetos de feitiçaria, bilhetes para semear discórdia e tudo o que pode ser visto no filme. Eles nunca sabiam o que iria acontecer, não tinham um roteiro, não sabiam o que iriam encontrar, pois o documentário era “real”. Falava de um assunto que talvez possa não existir, mas era real.
 
A parte mais genial de todas, mas que só os americanos “viveram” essa tensão: depois do filme pronto, esconderam os 3 atores em uma cabana isolada da civilização, e noticiaram na imprensa que “3 alunos de cinema saíram para gravar um documentário sobre a Bruxa de Blair e estavam desaparecidos desde então”. A noticia rendeu por vários meios de comunicação (e entenda, a internet nem era tão forte e popular na época) e aquilo tomou uma proporção enorme. Mantiveram a história do desaparecimento dos 3 enquanto a produção terminava todo o processo de edição e conversão do material bruto para poderem oficialmente lançar o filme. E durante algum tempo o filme foi tratado como “o material encontrado pelos 3 estudantes desaparecidos”.
 


(Cartaz sobre o desaparecimento que circulou por meses nos EUA)

 
* Atendendo aos pedidos de Danilo Cardoso, Marcela Macedo, Julia Costa e Mariana Gonçalves
 
Se você também quer pedir um “ontem e hoje” de alguma série ou filme (de preferencia com + de 5 ou 10 anos, porque o legal é quando estão bem diferentes de uma foto pra outra, né?), use o formulário de contato, lembrando que agora tentaremos postar pelo menos um “ontem e hoje” por semana. =)

Autor: Raphael Ferreira

Facebook | Twitter | Site



Participe! Deixe seu comentário abaixo: