Os 10 maiores desastres ambientais

12
jun
2012

Autor: Fê Passaia

Facebook | Twitter


Fê Passaia

 
Relação dos 10 maiores desastres ambientais registrados na história da humanidade:
 


10 – Three Mile Island

 
Conhecido como “Pesadelo Nuclear” o desastre ocorreu em 9 de abril de 1979. O reator da usina nuclear “Three Mile Island” na Pensilvânia passou por uma falha mecânica aliada a erro humano e lançou gases e efluentes radioativos em um raio de 16Km. A população não foi informada sobre o acidente, havendo a evacuação da população apenas dois dias após o ocorrido. Não houve mortes relacionadas ao acidente.


 


9 – Doença de Minamata

 
Em 1954 em Minamata, uma ilha localizada no sudoeste do Japão os moradores começaram a observar um comportamento estranho nos animais, principalmente os gatos que começavam a ter convulsões e saltar no mar, inicialmente foi chamada de “Doença da Dança do Gato”. Em 1956 a doença se manifestou no primeiro humano, sendo conhecida como “Doença de Minamata”, causando convulsões, perda e descontrole das funções motoras. Dois anos após estudos concluiu que a doença estava relacionada ao envenenamento das águas com mercúrio e outros metais pesados, infectando peixes e mariscos que eram a principal fonte de alimentação da população local.
 


8 –  Nuvem de Dioxina em Seveso

 
Em 10 de julho de 1976 em Seveso no norte da Itália, houve uma explosão em uma fábrica de produtos químicos, lançando uma espécie de nuvem composta de dioxina, que se estacionou sobre a cidade. Inicialmente a população não deu importância ao efeito. Os primeiros impactos foram observados nos animais que começaram a morrer gradativamente. Um agricultor que encontrou seu gato morto, ao ver que em apenas um dia o grau de deterioração do animal estava muito avançado, acionou os órgãos responsáveis que constataram que o gato tinha se desfeito como se tivessem lhe jogado ácido, sobrando apenas seu crânio. Dois dias após foram relatados efeitos em humanos (feridas na pele, desfiguração, náuseas e visão turva).
 


7 – O Mar de Aral

 
O que já foi o 4º maior lago de agua salgada do mundo, localizado na Ásia-Central, hoje é uma espécie de ”cemitério de navios”. Devido à crise economica enfrentada pela região, a mesma foi abandonada, deixando um vasto rastro de impactos, causando a desertificação do lugar.  Atualmente o Cazaquistão vem levantando esforços para superar esse desastre, mas as expectativas são desanimadoras devido à magnitude da interferência que houve, sendo considerado um dos maiores desastres feitos pela ação do homem até hoje.
 


6 – Usina Nuclear de Tokaimura

 
Em 30 de setembro de 99 no nordeste de Tóquio, em uma usina de processamento de urânio, operários manuseavam uma solução liquida quando ocorreu um acidente expondo centenas de pessoas a diferentes níveis de radiação. Dentro de minutos os operários mais próximos ao local tiveram náuseas, além de terem o rosto, mãos e outras partes do corpo queimados.
 


5 – O Exxon Valdez

 
No dia 24 de março de 1989 o navio petroleiro Exxon Valdez encalhou nas aguas do Alasca, despejando 10,8 milhões de galões de óleo nas águas, que rapidamente se espalhou por cerca de 500 quilômetros, matando milhares de animais. Cerca de 11.000 pessoas e 1.000 embarcações se mobilizaram para conter e reverter o impacto.
 


4 – Love Canal

 
Em 1978 em um vilarejo localizado em Nova York, toneladas de lixo começaram a borbulhar em quintais, porões e encanamentos das residências. O problema ocorreu devido a 21.000 toneladas de resíduos tóxicos industriais que haviam sido enterrados por uma empresa local nas décadas de 40 e 50. Centenas de famílias abandonaram o local, algumas apresentando sinais de intoxicação.
 


3 – Petróleo em Chamas no Kuwait

 
Em 1991, motivado por questões politicas e disputas territoriais, Saddam Hussein perdeu o território de Kuwait. Em resposta, ordenou seus homens que invadissem a região, com o intuito de explodir os poços de petróleo. Cerca de 600 poços foram incendiados, queimando por cerca de sete meses, lançando ao Golfo uma fumaça venenosa, com fuligem e cinzas, criando em seguida a “Chuva Negra”, formando lagos de óleo. Milhares de animais morreram intoxicados.
 


2 – Bhopal

 
No dia 2 de dezembro de 1984, um acidente em uma fabrica de pesticidas em Bophal, na Índia, lançou 45 toneladas de metil isocianato na atmosfera. Em poucas horas, milhares de pessoas morreram, nos meses seguintes mais pessoas morreram devido a complicações geradas pela contaminação. São contabilizadas aproximadamente 15.000 mortes, mas, no total, cerca de 500.000 pessoas foram afetada (por cegueira, falência dos órgãos, má formação em fetos e defeitos congênitos), a população sofre até hoje com os efeitos.
 


1 – Chernobyl

 
Em 26 de abril de 1986, em Chernobyl, na Ucrânia, ocorreu o que é considerado o pior desastre nuclear da história. Um dos reatores da usina nuclear instalada no local explodiu enviando enormes quantidades de radiação para atmosfera, se espalhando por toda Rússia e parte da Europa. O número de pessoas afetadas pelo acidente é incalculável. O caso mais comum relatado são incidências de câncer de tiroide em crianças. Atualmente uma área de quase 20 quilômetros perto da planta permanece desativada. O reator que explodiu permanece selado em uma espécie de sarcófago de concreto, embora estudos apontem sua deterioração gradual, o que pode acarretar em novos impactos no futuro.

Autor: Fê Passaia

Facebook | Twitter



Participe! Deixe seu comentário abaixo: