Projeto X, uma festa fora de controle

24
mar
2012

Autor: Dewwytto

Facebook | Twitter | YouTube


Dewwytto

Hoje quero indicar pra vocês o filme “Projeto X – Uma festa fora de controle”, mais um projeto de Todd Phillips (produtor de “Dias Incríveis” e diretor dos filmes “Se Beber, Não Case!” 1 e 2“… e já em negociações pra fazer o 3º).
 

 
O pessoal da Warner Bros convidou vários sites e blogs para a pré-estréia do filme, que aconteceu em São Paulo, no dia 28 de Fevereiro. O AHTABOM foi um dos convidados privilegiados. Como o Raphael mora em Minas Gerais, ele pediu que eu e o Milho Wonka fossemos ao cinema, representando o blog e conferir essa pré-estréia. E nós fomos! O que eu vi do filme, vou tentar escrever abaixo, sem contar spoilers:
 
O filme acompanha a vida de três alunos, aparentemente anônimos, do último ano do colegial, quando eles finalmente decidem entrar para a história. A ideia é bastante inocente, “fazer uma festa que ninguém vai esquecer”… Eles só não esperavam que a festa seria DESSE jeito.
 
“Projeto X” é vagamente inspirado num fato real, que aconteceu na Austrália, quando Corey Waddington colocou o anúncio de sua festa no MySpace, atraindo 500 pessoas e causando danos de cerca de 20 mil dólares. Vagamente inspirado na idéia, mas na história e nos acontecimentos, é totalmente fictício.
 

 
Foi feito em um formato “documental” (filmado em primeira pessoa como se todo o filme fosse o registro de um dos participantes da festa com sua filmadora). Para muitos, é uma mistura de “Bruxa de Blair” (pelo formato em que o filme é feito) com “Superbad” (na temática de adolescentes querendo se dar bem a todo custo).
 
Esse formato documental tem sido muito bem explorado pelo cinema de uns anos pra cá e em “Projeto X” em particular, esse formato se encaixa perfeitamente, a ponto de fazer você se sentir dentro da festa mesmo.
 
A crítica do New York Times sobre o filme é: “o Clube dos Cafajestes da geração Iphone”, que eu posso traduzir dizendo: se você é uma pessoa careta, puritana e sem pecados, é melhor você não ver o filme. No entanto, se você é capaz de diferenciar o certo do errado, se é do tipo que não sai copiando tudo que vê na tv e no cinema e sabe se divertir com um filme engraçado e POLITICAMENTE INCORRETO, recomendo que você assista esse filme na primeira oportunidade que você tiver.
 

 
A crítica do portal brasileiro G1: “Palavrões, violência, sexismo, bebedeira e fumaça (de todas as formas) estão impregnadas neste filme que o espectador deve decidir se leva na brincadeira ou não.” O que EU posso te falar é que que durante o filme você se pega em sentimentos como: “nossa! vergonha alheia total!”, “eu sempre quis fazer isso!”, “cara, isso é muito bom!”, “eu preciso disso!”, “eu não teria coragem de fazer isso nunca!” entre muitos outros, mas na grande maioria das vezes rindo bastante do que acontece. E é exatamente por isso que eu recomendo demais!
 
A crítica do Omelete (um dos maiores e mais conceituados portais de entretenimento do Brasil): “Como pai, eu acho que o filme realmente é uma afronta à sociedade. Mas o adolescente que ainda vive dentro de mim curtiu muito a balada”. Eu, apesar de já não ser mais um adolescente, gostei muito do que eu vi e assistirei de novo com outros amigos quando eu tiver um tempinho pra isso.
 
Abaixo você pode conferir o trailer do filme (legendado):
 

 
“Projeto X” estreou nos cinemas brasileiros no dia 16 de Março e está em cartaz nos melhores cinemas do país. Se na sua cidade o filme estiver em cartaz, não pense duas vezes, assista!

Autor: Dewwytto

Facebook | Twitter | YouTube



Participe! Deixe seu comentário abaixo: